“Deixei minha mulher grávida e nossas 2 filhas pequenas na Venezuela para conseguir um emprego no Brasil que pudesse alimentá-las”

Richard trabalhava com funilaria e pintura na Venezuela, mas com a crise o negócio deixou de dar lucro. Ele passou a vender frutas na rua para completar sua renda, na mesma época em que a mulher engravidou do terceiro filho. Mesmo com dois trabalhos, o dinheiro já não era suficiente para alimentar a família. Decidiu […]

Leia mais…

“Meus filhos agora estão sempre sorrindo e isso me enche de felicidade!”

Lembra da história da família de Jesus e Omellys? Dormiram por meses nas ruas de Roraima com os 3 filhos. Passaram fome. Sentiram medo. Mas o sofrimento ficou para trás quando foram interiorizados, em maio, pelo Refúgio 343 para a cidade de Ibertioga (MG). Três meses depois, eles já têm emprego e as crianças estão […]

Leia mais…

“Caminhava 40 quilômetros todos os dias para conseguir um pouco de comida para alimentar meus filhos!”

Juan Miguel conheceu sua esposa, Daili, no emprego. Por mais de uma década, eles trabalharam em uma indústria de frango. A estabilidade deu a eles confiança para constituir família e juntos tiveram 4 filhos. Mas, por conta da crise na Venezuela, perderam seus empregos. Tentaram novas ocupações, mas todas temporárias e com baixa remuneração. Os […]

Leia mais…

“Vendemos tudo o que tínhamos, mas o dinheiro não deu para a passagem de todos. Precisei deixar meus filhos mais velhos com os avós!”

A história de Miguelangel e Isamar é bastante parecida com a de muitas famílias venezuelanas. Viviam bem, sem luxos. Com a crise, perderam seus empregos. Passaram a fazer trabalhos temporários, mas a renda não era suficiente para colocar comida na mesa para os cinco filhos. Tomaram a difícil decisão de migrar. Venderam tudo o que […]

Leia mais…