QUEM SOMOS

O Refúgio 343 é uma organização humanitária, dedicada à resposta do maior desafio migratório na história do hemisfério ocidental. Resgatamos famílias venezuelanas refugiadas no Brasil, através do processo de interiorização. A interiorização é uma estratégia de deslocamento planejado para outros estados brasileiros. Nossa missão é promover a reinserção socioeconômica dessas famílias no território nacional.

Trabalhamos em parceria com as principais organizações envolvidas na resposta a esta crise, entre elas a Fraternidade Sem Fronteiras, Forças Armadas Brasileiras, OIM, ACNUR, AVSI Brasil, entre outras.

Desenvolvemos mecanismos seguros para interiorização das famílias, ativando a sociedade civil e empresas em um sistema claro de acolhimento.

HISTÓRIA & CULTURA

“Em outubro de 2018, comecei a ter sonhos frequentes com uma menina que me era estranha, até que um dia a reconheci em uma reportagem que falava sobre a crise migratória na Venezuela. Neste momento senti que deveria fazer algo para ajudar.”

A experiência vivida por um dos nosso fundadores, inspirou a ação de um grupo, já envolvido em uma série de trabalhos sociais. O primeiro sonho era pegar um avião para Roraima e voltar com uma família de refugiados. Este sonho cresceu, nos tornamos uma Organização Humanitária, já resgatamos dezenas de famílias, e este se tornou só o começo de uma jornada de vida.

Passamos a sonhar acordados, e o sonhar se misturou com o realizar. Acreditamos no poder da união, da caridade e da determinação. Somos antes um Refúgio para nós mesmos, uma plataforma que visa promover a cura de dentro pra fora. Encontramos na cultura desta organização a oportunidade de evoluir, de nos tornarmos melhores pessoas e profissionais, ao desenvolver nosso trabalho humanitário.

Vivemos a nova era, somos uma família!

CONTEXTO

Desde 2015, a Venezuela passa por uma crise socioeconômica e política, fazendo com que mais de 5,4 milhões de pessoas deixassem o país.

Os venezuelanos são o segundo maior grupo populacional deslocado do mundo, ficando atrás apenas dos refugiados sírios, que alcançam 5,6 milhões de pessoas. O Brasil já recebeu 264 mil venezuelanos (5° país que mais acolhe).

Para acolher o fluxo migratório existem 11 abrigos em Boa Vista e 2 em Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, comportando juntos mais de 7,8 mil pessoas. Não há espaço para todos, e mais de 3,2 mil refugiados e migrantes vivem em ocupações espontâneas sem infraestrutura e acesso a serviços básicos, além de outros milhares pelas ruas.

NOSSO TIME

     
Liliana Meilin
Assistente de Captação de Recursos
Pedro Figueira
Líder de Engajamento
Laura Fatio
Cofundadora e Coordenadora
Executiva
Lucas Santos
Assistente de Comunicação
Débora Spitzcovsky
Coordenadora de
Comunicação
Fernando Rangel
Cofundador e Diretor Executivo
Júlia Hadad
Líder de Interiorização
Marcos Manaut
Especialista de
Interiorização
Maria Pereira
Especialista de
Interiorização
Estiben Sanchez
Especialista de
Interiorização
Suelen Nina
Coordenadora
de Projetos
Vinicius Fernandes
Coordenador de
Interiorização
Ully Araujo
Orientador Educacional
Icaro Vasques
Analista de Captação
de Recursos
Dejaine Viriato
Monitora
Escola Refúgio
Victor Del Vecchio
Líder de Advocacy
Vitória Maielo
Assistente de Projetos
Pedro Pereira
Orientador Educacional

NOSSOS CONSELHEIROS

Leonardo Lima
Diretor de Desenvolv.
Sustentável
Arcos Dorados
Ana Carolina Xavier
CEO
NTICS Projetos
Ricardo Siqueira
Membro do Conselho
ClimaFund Brasil
Pedro Navio
Presidente
Kraft Heinz
Guilherme Ferreira
Diretor Executivo
Bahema
Educação

NOSSOS EMBAIXADORES

Talita Monteiro
Minas Gerais
Rafael Barbosa
Minas Gerais
Juliana Zochetti
São Paulo
Rafael Lavarini
Pernambuco
Paula Genelhu
Minas Gerais
Heitor Souza
São Paulo
Danielle Camargo
São Paulo
Julia Neiva
São Paulo

Junte-se a nós nessa missão!