Super Carmen

Mãe de três filhos, Carmen Ramona veio para o Brasil sozinha com suas crianças, enquanto o marido, Neptaly Ramona, ficou na cidade de El Tigre, na Venezuela, para continuar garantindo alguma renda (ainda que pequena) à família.

Já em Roraima, Carmen dormiu por um mês na rua com os filhos. Perdeu o contato com o marido. Mendigou alimento aos restaurantes para dar de comer às suas crianças. Até que finalmente conseguiu uma vaga no centro de acolhimento da Fraternidade Sem Fronteiras, onde o Refúgio 343 mantém operação.

E qual foi a primeira coisa que fez quando já estava com abrigo garantido aos filhos? Voltou à Venezuela para resgatar o marido. Hoje, a família está junta de novo, na cidade de Boa Vista, graças à “Super Carmen”, esperando por interiorização.

Quer ajudá-los a recomeçar? Seja um voluntário do Refúgio 343. É só clicar aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *