Um recomeço em Ibertioga

O sorriso de Omellys não esconde. Nem sua dedicação durantes as aulas de português. Ela está para lá de ansiosa para ser interiorizada para a cidade de Ibertioga, em Minas Gerais.

Há mais de um ano em Boa Vista, Omellys passou por uma porção de dificuldades desde que cruzou a fronteira para tentar oferecer uma vida melhor à família. O marido, Jesus, veio primeiro e um mês depois ela chegou com os três filhos. Dormiram nas ruas por meses, tentaram sem sucesso alugar uma casa na cidade, até que conseguiram vaga no centro de acolhimento da Fraternidade Sem Fronteiras, onde o Refúgio 343 mantém operação, e receberam a notícia: serão acolhidos por um grupo de amigos da cidade mineira de Ibertioga.

Que tal também juntar bons amigos para ajudar uma família de refugiados venezuelanos a recomeçar? Clique aqui e veja como atuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *