“Viajei com meus filhos na baia de um caminhão sem nenhum dinheiro”

A crise deixou a família de Elvis e Eulices em situação de extrema pobreza na Venezuela. Já não conseguiam colocar comida na mesa para os filhos e também não tinham dinheiro para garantir o deslocamento de toda a família para outro país.

É neste momento que a maioria das famílias venezuelanas costuma se separar: um adulto viaja na frente em busca de oportunidade para, depois, trazer o resto dos seus. Mas não eles. Fizeram questão de continuar juntos!

Viajaram de carona na baia de um caminhão, com duas crianças pequenas, por centenas de quilômetros em um trajeto extremamente perigoso. Já no Brasil, dormiram nas ruas de Pacaraima e Boa Vista por cinco meses. A voz embarga toda vez que lembram o que passaram!

Atualmente, estão no centro de acolhimento São Vicente 2, onde o Refúgio 343 mantém operação, aguardando por uma oportunidade de recomeçar suas vidas por aqui.

Você pode ajudá-los! Acesse Clique aqui e saiba como atuar na reinserção dessa família de refugiados venezuelanos junto com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *